Mesmo conhecendo as vantagens da Manutenção Preventiva, muitos gestores ainda

dedicam a maior parte do seu tempo e recursos à manutenção corretiva, encarando a preventiva como um custo adicional desnecessário. Na realidade, a manutenção preventiva quando bem planeada pode diminuir largamente os custos globais da manutenção e até aumentar a vida útil dos equipamentos de ginástica, diminuindo as futuras queixas dos usuários.

Através da manutenção preventiva, os técnicos podem reduzir a degradação dos equipamentos, prolongando o seu tempo de vida e evitando intervenções corretivas, que geram custos elevados e têm impactos negativos aos usuários da sala de fitness.

Manutenção Preventiva vs Corretiva

Sabemos que a manutenção corretiva é realizada normalmente após a ocorrência de uma avaria ou incapacidade produtiva do equipamento. Uma percentagem significativa dessas avarias pode ser evitada se o gestor de manutenção tiver em consideração a manutenção preventiva desses equipamentos.

A manutenção corretiva, que não deixa de ser necessária, acaba por ter maior impacto financeiro, uma vez que pode implicar na inutilização definitiva dos equipamentos.

A principal vantagem de ter um plano de manutenção preventiva é poder prevenir essas situações, substituindo antecipadamente os componentes usados, preservando e restaurando todas as peças necessárias.

As Vantagens são:

  • Melhorar o estado técnico e operacional dos equipamentos;
  • Reduzir a degradação dos equipamentos;
  • Reduzir os riscos de avaria nos equipamentos;
  • Programar os trabalhos de prevenção;
  • Realizar os reparos em condições favoráveis à operação;
  • Reduzir custos;
  • Prolongar a vida dos equipamentos;
  • Reduzir o impacto na depreciação dos equipamentos
  • Valorização dos equipamentos para uma possível troca no futuro.

Conclusão

Um plano de manutenção preventiva é ideal, consegue evitar qualquer avaria nos equipamentos ou consegue prever e programar para que essa avaria tenha o menor impacto possível ao usuário.

Roberto Oliviera
Escrito por Roberto Oliviera